COLONOSCOPIA

O que é o exame de colonoscopia?

É um exame que permite ao médico visualizar diretamente o interior do intestino: reto, cólon e parte do íleo terminal, através de um tubo flexível, que é introduzido pelo ânus, o qual contém uma minicâmera de TV na extremidade, permitindo a transmissão de imagens coloridas, as quais podem ser fotografadas ou gravadas em vídeo. Além de seu potencial diagnóstico direto, também podem ser realizadas biópsias da mucosa, correções de pequenos sangramentos e retiradas de eventuais pólipos intestinais.


E o preparo? 

O preparo para uma colonoscopia consiste em uma dieta líquida nas 24 horas que antecedem o exame, além do uso simultâneo de laxativos e de um produto chamado Manitol, de acordo com a orientação médica. É comum de que em alguns casos esse preparo exija uma lavagem intestinal.

Se o paciente faz uso de medicação contínua ou apresenta condições especiais de saúde, o médico deve ser informado. Possivelmente, alguns medicamentos podem ser continuados normalmente, enquanto outros devem ser suspensos entre 48 a 72 horas antes de iniciar o exame. 

Como é feito o exame?

O exame de colonoscopia é feito, de modo geral, em regime ambulatorial (não necessitando de internação prévia), tendo duração aproximada de 20 a 30 minutos, da seguinte forma: o paciente é posicionado em uma maca, deitado sobre o seu lado esquerdo. Em seguida é ministrada uma leve sedação. O aparelho, constituído por um tubo flexível, é introduzido pelo ânus de forma lenta, suave e progressiva até o interior do cólon (limpo de fezes e resíduos alimentares). Possivelmente, durante o procedimento, pequenas quantidades de ar são injetadas no interior do intestino, melhorando a visualização, o que pode ocasionar cólicas após o exame.

A colonoscopia, em si, não ocasiona dor. A sedação é aplicada para tranquilizar o paciente e deixá-lo mais colaborativo. Em crianças menores de quatro anos, pode ser necessária anestesia geral superficial.

Devido aos possíveis efeitos da sedação, os quais provocam sonolência, todo paciente deverá estar acompanhado de um adulto e, após o exame, mesmo lúcido, aconselha-se que não dirija nem maneje máquinas perigosas no dia do exame.

Quando a colonoscopia deverá ser solicitada?

Aconselha-se o exame de colonoscopia, de forma preventiva, periodicamente (porém, não com muita frequência), para todas as pessoas acima dos 50 anos, uma vez que estes estão mais sujeitos a desenvolver câncer e pólipos intestinais, pois é através desse exame que o médico poderá: avaliar a mucosa do intestino grosso (onde, geralmente o câncer intestinal começa) e o calibre da luz dessa porção intestinal, coletar de material para biópsia, retirar de pólipos, realizar a  descompressão do volvo intestinal e a hemostasia de sangramentos. A colonoscopia pode, ainda, ser realizada para diagnose e acompanhamento de tumores, de doenças inflamatórias, além de esclarecer outras patologias intestinais.

Em geral, indica-se o exame nos casos em que o paciente apresenta:

    Dor abdominal de origem não conhecida;

    Sangramentos retais não determinados;

    Diarreia ou constipação crônica esclarecimento;

    Supostas neoplasias, diverticuloses ou de hemorragias digestivas baixas;

    Investigação de câncer, pólipos e doenças inflamatórias intestinais;

    Outras condições menos comuns, a critério do médico.

Existem riscos e contraindicações da colonoscopia?

Riscos são comuns na maioria dos procedimentos médicos. Porém, um profissional com experiência e os equipamentos modernos, reduzem esses riscos, tornando a colonoscopia um exame seguro e simples. Algumas raras complicações, como possibilidade de sangramentos ou perfurações no intestino podem ocorrer, conforme as condições das paredes intestinais do paciente.

Quanto às contraindicações, caso o médico suspeite de: abdome agudo, diverticulite aguda ou megacólon tóxico, o exame não é indicado. Isso inclui casos recentes de infarto do miocárdio, embolia pulmonar, neutropenia significativa, terceiro trimestre da gravidez, aneurisma da aorta e esplenomegalia. 

O exame deve ser adiado, para o momento em que o médico julgar propício, nos casos em que o paciente apresente algum tipo de coagulopatia ou que em uso de anticoagulantes. 

 
CENTRO DE DIAGNÓSTICO
54 3344.3711
Exames
HSA
54 3344.3700
Informações
CORPO CLÍNICO
Consulte a lista completa
MATERNIDADE
Veja as fotos dos recém nascidos
TAPCARD
CENTRO DE DIAGNÓSTICO
 
Rua Tranquilo Basso, 270
CEP 99.950-000 - Tapejara/RS
54 3344.3700
 
INICIAL
O HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
PRONTO ATENDIMENTO
TAPCARD
CENTRO DE DIAGNÓSTICO
COLONOSCOPIA
DENSITOMETRIA ÓSSEA
ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA
MAMOGRAFIA
 
RAIO X
RETOSSIGMOIDOSCOPIA FLEXÍVEL
ULTRASSONOGRAFIA
CORPO CLÍNICO
NOTÍCIAS
MATERNIDADE
CONTATO
LICITAÇÕES
 
Copyrigth 2013 © Todos os direitos reservados - HSA - Hospital Santo Antônio. contato@hsasaude.com.br
Desenvolvido por: